BRS Pai d’Égua é resultado da pesquisa com melhoramento genético do açaizeiro que apresenta duas características principais: produção na entressafra e frutos menores. Durante cinco safras, a pesquisa avaliou centenas de materiais de açaizeiro no campo experimental da Embrapa Amazônia Oriental em Tomé-Açu, no Nordeste Paraense.

 

Diferenciais

 

Redução da sazonalidade: Um dos maiores diferenciais da nova cultivar é a distribuição bem equilibrada da produção anual. A BRS Pai d’Égua produz 46% no período da entressafra (de janeiro a junho) e 54% na safra (de julho a dezembro).

 

Maior rendimento de polpa: Os frutos menores rendem 30% mais polpa que os frutos de açaí tradicionais.

 

Produção precoce de frutos: Primeira colheita aos três anos e meio contraponto os materiais tradicionais que iniciam no quinto ano.

Quem ganha com isso

Produtores rurais, associações e cooperativas de produtores, mercado varejista e exportador e consumidores

 

Fonte

 

Açaí BRS Pai d'Égua

R$ 10,00Preço